Solidariedade global

Envolver-se com questões da comunidade vai muito além de realizar doações em épocas específicas do ano. É também abraçar uma causa e, por meio dela, proporcionar experiências, serviços e bem-estar a pessoas em situação de vulnerabilidade social. E uma das melhores formas de tornar isso realidade é por meio de programas de voluntariado. Sabendo da importância desse tipo de iniciativa para as populações que vivem no entorno de suas unidades, a Braskem convidou seus Integrantes do Brasil, México e Estados Unidos a fazê-lo de forma diferente: por meio de uma gincana colaborativa.

Rumo à sua segunda edição, que acontece a partir de 08 de maio, o Programa Global de Voluntariado da Braskem é uma campanha em que os Integrantes - incluindo os estagiários - formam equipes, escolhem uma instituição a ser beneficiada e trabalham para ela. Durante quatro meses, os participantes precisam passar por diversas etapas que valem pontos.  "O piloto da ação, no ano passado, surpreendeu pelo envolvimento dos Integrantes", conta Lucia de Toledo Rodrigues, da área de Responsabilidade Social da Braskem. Segundo ela, foram formados 74 times no Brasil, Estados Unidos e México, reunindo mais de 359 profissionais e 497 voluntários convidados (familiares e amigos dos Integrantes), que arrecadaram mais de 18 mil itens em 1.222 ações.

Além de ser uma boa forma de ajudar quem precisa, o voluntariado também é uma ferramenta de desenvolvimento para os profissionais da companhia. "É possível trabalhar habilidades, ter mais autoconsciência e encontrar a satisfação profissional", comenta Lucia. "Nesse jogo, todos ganham. A empresa, a sociedade e o Integrante."